Lojas Virtuais

SEO para e-commerce: como funciona?

By 17 de julho de 2016 Sem Comentários

SEO para e-commerce: como funciona?

O SEO (Search Engine Optimization — em português, Otimização para Mecanismos de Busca) é uma das mais efetivas estratégias de marketing digital da atualidade. Ela tem a finalidade de colocar uma página de destino em uma posição elevada nos motores de busca, como o Google e o Bing.

Quando se fala em lojas virtuais, este pode ser um grande diferencial, já que a maioria esmagadora dos usuários tende a clicar em um dos três primeiros resultados. Imagine que um usuário faz uma busca e encontra a sua página de conversão como primeiro resultado. Seria magnífico, não é mesmo?

Pois é, o SEO para e-commerce é muito importante, pois pode ser o diferencial para que os internautas encontrem o seu produto ou serviço, gerando vendas e trazendo prosperidade ao seu negócio.

Mas como conseguir se posicionar bem? Abaixo, explicamos algumas das mais importantes estratégias de otimização.

Produção de conteúdo

No atual cenário online, os usuários tendem a consumir muito mais conteúdo informativo do que clicar em anúncios patrocinados. Portanto, entregue valor ao seu público-alvo. Artigos, vídeos, tutoriais, apresentações de slides, e-books, entre outros tipos de mídia podem ser utilizados para a produção de conteúdo.

Um dos principais fatores que levam uma página a ser bem ranqueada nos motores de busca é o tráfego, então, lembre-se de investir em qualidade. Quanto melhor for o seu conteúdo, mais acessos a sua página terá, o que faz com que a otimização seja um processo cíclico.

Experiência do usuário

Outro fator extremamente relevante para o SEO é a experiência do usuário (User Experience ou simplesmente UX). Em resumo, a sua página de destino (site ou loja virtual) deve ter um design agradável, escaneabilidade, além de ter boa velocidade de carregamento.

Vale muito a pena investir nessa estratégia de otimização, afinal, um internauta dificilmente se sentirá confortável em páginas de navegação complexas ou desagradáveis aos olhos.

Site responsivo

Hoje em dia, é muito comum que os usuários façam buscas por meio de dispositivos móveis, como tablets e smartphones. Por isso, a sua página de destino precisa estar adaptada a todos os formatos de tela.

Um site responsivo é aquele que mantém bons níveis de performance nos mais diversos formatos de tela, fazendo com que o internauta possa interagir com as páginas em qualquer dispositivo utilizado por ele.

Palavras-chave, tags e metatags

Tanto em descrição de produtos quanto no conteúdo relacionado, é preciso fazer uma boa utilização das técnicas de SEO. Por isso, é muito importante que o texto seja inédito — se ele for similar a algum trecho de alguma outra página, isso pode ter má influência no posicionamento.

Uma grande vantagem competitiva pode ser trazida por meio de uma boa escolha de palavras-chave, então, a dica é pesquisar o volume de buscas em ferramentas como o Planejador de Palavras-Chave e o Trends, da Google.

Além disso, é recomendável trabalhar com termos específicos, o que chamamos de cauda longa no marketing digital. Isso ajuda a atrair um tráfego mais qualificado para a sua loja virtual.

Você já teve alguma experiência com SEO para e-commerce? Conta pra gente nos comentários.

Deixe um comentário sobre a publicação.