Lojas Virtuais

5 sinais de que está na hora de mudar de plataforma de e-commerce

By 18 de janeiro de 2017 Sem Comentários

5 sinais de que está na hora de mudar de plataforma de e-commerce

Nem sempre as necessidades da loja virtual são supridas pela plataforma, e esse fator pode impedir o seu crescimento. A situação fica ainda mais complicada quando a relação entre plataforma e empreendedor se torna uma insatisfação.

Você sabe qual é a hora certa de migrar para outra plataforma de e-commerce? Alguns fatores são determinantes para isso, e é preciso pensar bem e planejar tudo nos mínimos detalhes para evitar desgastes e problemas futuros.

Confira a seguir 5 sinais que devem ser avaliados para chegar à conclusão de que a sua plataforma de e-commerce precisa ser trocada!

1. A plataforma apresenta instabilidade?

Esse é o ponto mais crítico, uma vez que pode comprometer a saúde financeira do e-commerce. A instabilidade pode até ser considerada algo comum entre as plataformas, contudo, se for muito frequente, com certeza vai prejudicar suas vendas.

O ideal é fazer uma avaliação que ateste a gravidade do problema, pois a maioria das plataformas vai apresentar algum tipo de bug. Alguns são fáceis de resolver, outros nem tanto — por isso, é preciso avaliar bem e ser um pouco tolerante. Se as falhas forem constantes, é hora de procurar outras opções.

2. A plataforma limita meu crescimento?

Se você acredita que a plataforma está limitando a expansão da loja e que as vendas seriam melhores em outras plataformas disponíveis no mercado, esse ponto será relevante para mudanças. Considere a migração principalmente se o negócio apresentou um crescimento, ou ganhou status no mercado e depois parou.

É certo que existem recursos que precisam ser integrados conforme o negócio evolua e, se a plataforma não oferece esse suporte, é hora de repensar a parceria.

3. Há influência de propaganda de outras plataformas?

Durante todo o tempo, as lojas virtuais são expostas por propagandas de plataformas concorrentes. Até aí tudo bem, pois a sua plataforma também aparece nas lojas concorrentes. O problema começa quando as plataformas concorrentes focam nos pontos fracos de sua plataforma atual, agindo premeditadamente sobre isso.

O ideal é ter cuidado (e discernimento) para não se deixar levar pelas propagandas. Caso algo te incomode no seu fornecedor atual e há outro que possa suprir essa necessidade, analise tudo de forma geral e se a mudança vai fazer você vender mais. Lembre-se de que nem sempre uma funcionalidade vai compensar todo o trabalho da migração.

4. Vou precisar de auxílio para migrar a plataforma de e-commerce?

Você descobriu que precisa mesmo migrar. Mas como fazer isso? Em linhas gerais, isso deve ser feito quando há a possibilidade de mudança de plataforma para melhoria de vendas e crescimento da loja virtual.

Trata-se de um ponto importante que ajuda no crescimento do negócio virtual. Dependendo da situação e do tamanho do empreendimento, será necessário solicitar o auxílio de uma agência especializada, que dará todo o respaldo e trará mais confiança à migração. Considere essa possibilidade para que as transações sejam mais seguras e sem nenhum trauma!

5. Como vou fazer a migração?

Decidido a mudar? Veja em quais pontos focar:

  • Verifique se a agência que vai auxiliar na nova implantação já possui um bom retrospecto em migrações anteriores;
  • Verifique a possibilidade de manter os dados dos seus clientes antigos sem perda ou possibilidade de vazamentos;
  • Analise a possibilidade de mapear as URLs antigas ou adaptá-las para a nova plataforma;
  • Garanta que seja criado um layout mais moderno na nova plataforma, que seja capaz de melhorar a experiência de compra para o seu cliente. Verifique também a possibilidade de implementar novos recursos;
  • Migre para uma plataforma que disponibilize módulos de promoções mais avançados, além de ferramentas para auxiliar o marketing e a integração com outros canais.

É importante salientar que a migração da plataforma de e-commerce exige planejamento. Verifique qual o prazo médio para a mudança e garanta que a migração não seja feita de modo complicado, principalmente para seus clientes. No mais, boas vendas!

E então, sua empresa precisa mudar de plataforma de e-commerce? Se você ainda tem dúvidas sobre o assunto, conte pra gente aqui nos comentários: será um prazer te ajudar!

Deixe um comentário sobre a publicação.